terça-feira, 16 de agosto de 2011

CBC DE QUÍMICA - 2011



CBC DE QUÍMICA

: CONTEÚDOS BÁSICOS CURRICULARES

Eixo Temático I: Materiais, Vida e Energia

• Os tópicos obrigatórios são numerados em algarismos arábicos.
• Os tópicos complementares são numerados em algarismos romanos e o texto está em itálico. 



Tema 1 – Como são os Materiais e Substâncias em nossa Vida

Sub-Tema 1 – Caracterização de Substâncias Simples e Compostas
TÓPICOS
HABILIDADES
1. Propriedades físicas:
temperatura de ebulição, temperatura de fusão, densidade e solubilidade.
• Reconhecer métodos físicos para identificar se um material pode ser separado em outros materiais ou substâncias;
• Inferir que a constância de algumas propriedades físicas pode servir como critério de pureza das substâncias;
• Relacionar propriedades físicas com o uso dos materiais e substâncias;
• Reconhecer como a pressão afeta a temperatura de ebulição e fusão das substâncias;
• Diferenciar misturas de substâncias a partir de suas propriedades físicas;
• Fazer medidas de temperatura relacionadas a processos bio-físico-químicos;
• Construir e interpretar gráficos com dados obtidos de experimentos;
• Relacionar a construção do termômetro e as propriedades físicas dos materiais;
• Planejar e executar um procedimento experimental simples envolvendo propriedades físicas.
2. O uso da linguagem química na identificação das substâncias.
• Identificar o símbolo de elementos químicos mais comuns que participam de fórmulas de substâncias;
• Diferenciar substâncias simples de substâncias compostas através da análise de fórmulas de substâncias e de processos de decomposição.
Temas complementares
TÓPICOS
HABILIDADES
I. Materiais mais abundantes no planeta e sua importância para a vida.
• Identificar e reconhecer a importância dos materiais e substâncias mais abundantes do planeta.
II. Métodos de separação e mudanças de estado físico.
• Familiarizar-se com equipamentos simples para laboratório;
• Reconhecer as variações de energia envolvidas durante as mudanças de estado físico;
• Reconhecer métodos físicos para identificar se um material pode ser separado em outros materiais ou substâncias;
• Associar fenômenos do cotidiano aos processos de separação de substâncias;
• Investigar regularidades entre os materiais a partir de experimentos simples;
• Planejar e executar um procedimento experimental simples envolvendo métodos de separação;
• Reconhecer as mudanças de estado físico dos materiais;
• Reconhecer as propriedades físicas dos materiais (temperatura de ebulição e fusão, densidade, solubilidade) como características de cada substância.
Sub-Tema 2 – Modelos de Constituição e Organização das Substâncias
TÓPICOS
HABILIDADES
3. A história do desenvolvimento dos modelos atômicos: Dalton, Thomson, Rutherford, Bohr-Rutherford.
• Propor modelos sobre a constituição das substâncias a partir da descrição ou realização de experimentos sobre mudança de estado físico ou variações de volume de gases conforme aquecimento ou resfriamento dos mesmos;
• Caracterizar o modelo atômico de Dalton e estabelecer relações entre ele e as propriedades das substâncias;
• Associar as concepções sobre as partículas dos materiais e suas representações históricas;
• Caracterizar o modelo atômico de Thomson e estabelecer comparações com o modelo de Dalton;
• Conhecer, de forma geral, a história dos cientistas que se envolveram na configuração dos atuais modelos atômicos e das tecnologias empregadas em seu tempo;
• Caracterizar os modelos atômicos de Rutherford e Bohr e estabelecer comparações entre eles e os anteriores;
• Distribuir os elétrons dos átomos; neutros e íons de acordo com o modelo de Rutherford-Bohr.
4. Elemento químico, isótopos e as grandezas atômicas: número de massa e número atômico.
• Representar um átomo qualquer a partir de seu símbolo, de seu número de massa e número atômico;
• Aplicar o conceito de número atômico para a identificação e caracterização de elementos;
• Reconhecer que o conceito de elemento químico está associado ao de número atômico, independente de a espécie considerada possuir ou não carga elétrica;
• Identificar e representar elementos isótopos;
• Compreender que substâncias podem ser constituídas por diferentes isótopos de um elemento químico.
Tema 2 – Interações, Quantidades e a Organização das Substâncias

Sub-tema 1 – A Formação de Substâncias por Reações Químicas
TÓPICOS
HABILIDADES
5. Evidências de reações químicas.
• Reconhecer a ocorrência de uma reação química através de um experimento ou de sua descrição;
• Planejar e executar procedimentos experimentais simples envolvendo transformação de substâncias com orientação do professor.
6. A representação simbólica das equações das reações.
• Reconhecer a representação das substâncias e de suas transformações por meio de símbolos, fórmulas, rearranjo de átomos e equações;
• Reconhecer a conservação no número de átomos durante as reações químicas;
• Propor modelos explicativos para as transformações químicas a partir de atividades realizadas ou de suas descrições.
Sub-tema 2 – As Grandezas e Quantidades Fundamentais para os Cálculos Químicos
TÓPICOS
HABILIDADES
7. A constante de Avogadro, quantidade de matéria mol, Massa Atômica, Massa Molar e Volume Molar.
• Conceituar a grandeza “quantidade de matéria” (mol), aplicando-a em cálculos envolvendo reações químicas;
• Estabelecer relações quantitativas entre as grandezas: massa, massa molar, massa molecular, quantidade de moléculas, volume molar, quantidade de átomos e constante de Avogadro e aplicar tais relações em cálculos químicos.
Sub-tema 3 – Quantidades Envolvidas em Reações Químicas
TÓPICOS
HABILIDADES
8. Leis ponderais e a quantidade de matéria e cálculos estequiométricos.
• Compreender as relações quantitativas de massa (Lei de Lavoisier e de Proust) nas transformações químicas;
• Propor e reconhecer procedimentos experimentais para a determinação das quantidades envolvidas nas transformações químicas;
• Prever massas de reagentes e produtos envolvidos nas reações, por meio da aplicação das leis de Lavoisier e Proust, utilizando dados obtidos a partir de experimentos de laboratório, de operações industriais, de eventos da natureza ou de suas descrições;
• Identificar, por meio de cálculos, a conservação de massa em transformações de estado físico e reações químicas representadas por suas equações;
• Calcular os coeficientes das espécies químicas participantes em reações, a partir das massas envolvidas ou de outras grandezas dadas.
Sub-tema 4 – A Formação de Soluções Aquosas e Substâncias Envolvidas
TÓPICOS
HABILIDADES
9. A evidência da formação de íons – condutividade.
• Reconhecer a ocorrência da dissociação de substâncias em íons por meio de experimentos de sua dissolução em água ou de descrições desses experimentos;
• Reconhecer que há diferentes formas de agregação entre partículas que constituem uma substância;
• Reconhecer os processos de transferência de cargas quando há envolvimento de íons em reações químicas;
• Reconhecer a existência de elétrons por meio de descrições de experimentos que a evidenciam.
10. Dissolução de substâncias e as quantidades de massa envolvidas: concentração em g/L, percentual e Molar.
• Calcular a concentração de soluções em g/mL e em percentual;
• Interpretar dados sobre a concentração de soluções expressa nas unidades g/L e percentual;
• Interpretar descrições de procedimentos de diluição de soluções e utilizar os dados relacionados para o cálculo dos novos valores de concentração;
• Conceituar a grandeza “quantidade de matéria” (mol), aplicando-a em cálculos envolvendo concentração de soluções.
11. Sólidos iônicos e suas soluções.
• Reconhecer que há diferentes formas de agregação entre partículas que constituem uma substância;
• Reconhecer as diferenças entre substâncias que geram íons em solução das que não geram;
• Identificar as substâncias iônicas mais comuns;
• Reconhecer as espécies químicas (íons) que se formam quando substâncias iônicas mais comuns se dissolvem.
12. Substâncias moleculares e suas soluções.
• Reconhecer que, na formação de substâncias moleculares, pode haver o fenômeno de polarização de cargas elétricas, em função da arquitetura molecular e do tipo de átomo constitutivo da substância;
• Identificar substâncias moleculares mais comuns, simples e compostas;
• Reconhecer substâncias polares e apolares mais comuns, compreendendo, de forma geral, as razões que concorrem para isso;
• 12.4.Sugerir explicações sobre a solubilidade das substâncias moleculares em água e em outros solventes familiares.
Temas Complementares: Outras Ligações nas Substâncias
TÓPICOS
HABILIDADES
III. Ligação metálica e as substâncias que a apresentam.
• Reconhecer substâncias metálicas caracterizando o tipo de ligação entre os átomos;
• Fazer previsões do modelo de ligação metálica entre elementos para formar substâncias, a partir da descrição das características atômicas desses elementos;
• Propor explicações sobre as propriedades físicas dos metais a partir do modelo de ligação entre os átomos.
IV. Ligações covalentes em substâncias moleculares e em substâncias covalentes.
• Reconhecer substâncias moleculares caracterizando o tipo de ligação entre as moléculas;
• Identificar o modelo de ligação covalente entre os átomos de substâncias moleculares;
• Identificar o modelo de ligação covalente entre os átomos de substâncias covalentes;
• Fazer previsões do modelo de ligação covalente entre elementos para formar substâncias, a partir da descrição das características atômicas desses elementos;
• Fazer previsões da formação de substância covalente ou molecular a partir do conhecimento das características atômicas de elementos que as constituirão;
• Propor fórmulas estruturais para substâncias moleculares e covalentes.

6 comentários:

  1. Renato,tá esperto hein? Mandou direitinho né? Até foto ? ficou muito chique.

    ResponderExcluir
  2. Renato parabéns pelo seu sucesso. Como educador e como um grande conquistador na escola. Continue assim.

    ResponderExcluir
  3. muito bom ! tava precisando .

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante!!parabens!!
    precisamos de pessoas assim como vc!!

    ResponderExcluir